musicaefantasia

Musica e fantasia: curtas as sugestões de discos, filmes e livros.

Categoria: Técnica

Prosa poética

Prosa poética

O modernismo matou a métrica e suas leis do verso. Depois, nós, os pós-modernos, matamos o ritmo, sua música. O que há hoje é prosa poética, textos sem ritmo, apenas com imagens visuais (fanopeia) ou imagens verbais, ou logopeia.

Anúncios

Heterônimo, segundo Fernando Pessoa

Heterônimo, segundo Fernando Pessoa

Heterônimo foi a palavra que Fernando Pessoa criou para indicar uma persona literária, um autor, diferente daquela de quem escreve. Podemos entender como um processo teatral, ou até como algo mediúnico, apesar de não haver necesariamente outros espíritos envolvidos.

O valor da sociologia de botequim

O valor da sociologia de botequim

Não se deve recusar a sociologia de botequim, ou marxismo de mesa de bar… que publicitários chamam de brainstorming. É o pensamento sem formalidade que capta ângulos inesperados e criativos. Que devem depois ser investigados com o devido rigor.

Qorpo Santo, ou José Joaquim Leão

Qorpo Santo, ou José Joaquim Leão

Qorpo Santo, ou José Joaquim Leão, teatrólogo brasileiro, talvez hoje fosse diagnosticado com delírios paranoicos. Esta especulação surge porque suas peças anteciparam de muitos anos o movimento surrealista, que tentava fazer surgir no texto literário a expressão do inconsciente.

Musica e fantasia: modo de usar

Musica e fantasia: modo de usar

O blogue Musica e fantasia combate o TL;DR: seus textos são de 40 palavras, e uma delas pode ser substituída por uma URL. Todas imagens podem ser clicadas: algumas são videos. Outras levarão a páginas onde os assuntos são detalhados.

A métrica do poema

A métrica do poema

Os primeiros poemas ajudavam a tribo a lembrar de suas vitórias e das orações a seus deuses. Por isso, tinham ritmo constante, com versos de igual tamanho. A métrica é o conjunto de regras que define isso com clareza.