musicaefantasia

Musica e fantasia: curtas as sugestões de discos, filmes e livros.

Categoria: Humor

Seven-sided poem, by Carlos Drummond de Andrade, translated by Elizabeth Bishop

Seven-sided poem, by Carlos Drummond de Andrade, translated by Elizabeth Bishop

In the Seven-sided poem, Carlos Drummond de Andrade rhymed ironically mundo and Raimundo. When Elizabeth Bishop translated it, she associated faster and vaster, also a poor rhyme. That way, rhyme poverty brings humor to the original and its translation.

Café e cigarros, de Jim Jarmusch

Em Café e cigarros celebridades da música e do cinema interpretam a si mesmas ou personas parecidas. São quadros curtos, com diálogos muito divertidos, inteligentes, mas despretensiosos. É filmado todo em preto e branco escuro, imitando os cafés antigos.

Allegro non troppo, by Bruno Bozzetto

In the early years of the 20th century, two students cut the classes to to watch Allegro non troppo: one of us bloggers and a college colleague, very savvy, that knew it was a good movie. It was suprising and unforgettable: the movie was excellent, very creative. It was an afternoon session: mothers couldn’t take their eyes of the screen, while their children run between the cinema chairs…

Music pieces by Sibelius, Debussy and Stravinsky (among others) were so well associated to animations, that one could not believe the latter were created to be played along the former.

Nós vamos invadir sua praia, com Ultraje a rigor

Nos episódios dos rolezinhos (jovens suburbanos entrando em massa em shopping centers elitizados), ninguém lembrou de Nós vamos invadir sua praia, música ícone da invasão da classe C aos espaços da antiga classe média. O pop não poupa ninguém.

Poema de sete faces, de Drummond, traduzido por Elizabeth Bishop

Poema de sete faces, de Drummond, traduzido por Elizabeth Bishop

É bacana ver grandes poetas traduzindo. No Poema de sete faces, Drummond rimou ironicamente mundo e Raimundo. Quando o traduziu, Elizabeth Bishop fez rimar faster e vaster, também pobremente. Assim, a pobreza traz humor ao original e à tradução.

Let’s lynch the landlord, com Dead Kennedys

O neoliberalismo é apenas mais uma utopia na qual a burguesia vence. A ausência de garantias sociais no grande irmão do Norte faz com que condições desumanas surjam. E põem o Dead Kennedys para cantar “vamos linchar o locador”.

Vingativa, com As Frenéticas

As Frenéticas foram projetadas por Nelson Mota para representar a nova mulher dos anos 1970, menos sentimenal, menos caipira. Infelizmente, o mentor não prosseguiu com a banda. Vingativa ironiza tanto o sentimentalismo que exagera em excesso o sotaque caipira.

Retratos 3×4 de amigos 6×9, de Millôr Fernandes

Retratos 3x4 de amigos 6x9, de Millôr Fernandes

Retratos 3×4 de amigos 6×9 era uma forma do grande Millôr Fernandes descrever seus amigos queridos em poucas palavras, mas também de lembrar que eles não caberiam naquelas breves páginas: Paulo Francis, Fernanda Montenegro, Jô Soares, Drummond, Ziraldo etc.

Música e fantasia

Em 1900 e bolinha, cabulamos a aula da faculdade para assistir Música e fantasia, eu e um amigo antenado, que sabia que o filme era bom. Foi surpreendente e inesquecível: o filme era ótimo, muito criativo. Era sessão da tarde: mães não tiravam os olhos da tela, enquanto seus filhos corriam entre as poltronas do cinema…

Músicas de Sibelius, Debussy e Stravinsky (entre outros) eram tão bem associadas a desenhos animados, que nem parecia que os segundos foram criados para acompanhar as primeiras.