Fidelio, de Beethoven, regida por Nikolaus Harnoncourt

por musicaefantasia

Normalmente não se enfatiza que Beethoven retratou as transformações sociais e políticas da queda do feudalismo e ascensão do capitalismo. Fidelio mostra a perda de poder feudal do governador de uma prisão, versus um ministro, representante do estado centralizado.

Anúncios