A grama é bacana

por musicaefantasia

Quem ouve Verdura, de Paulo Leminski, cantada por Caetano pensa que é uma música simples, trivial. Ledo e ivo engano: nas duas estrofes curtas há muita técnica de poesia: coloquialidade, rima e melopeia. A letra praticamente se cantou sozinha.

Anúncios